sexta-feira, 25 de janeiro de 2013




Sem medida.


Andei gastando tempo...
Na palavra, no vento, no pensamento, no lamento, no alento.
Cultivei o sentimento.
No vivido e não vivido...desde então tenho padecido, desse mal que é: O momento.
O momento que não chega;
O momento que se deixa;
O momento do silêncio;
O momento do dito;
O momento do não dito;
O momento do mal-dito...
Sigo insistindo.
...Quero.
Seja verdade ou mentira, noite ou dia... Todo segundo tem sua valia.
Do começo ao fim do dia: Tente.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Pilúla

" Mas meu amigo , a vida é assim cheia de riscos... ficar parado não indico. Mais vale um Rabisco, do que não Arriscar. Não precisa saber o traço, qualquer nó ou embaraçado, é forma de se expressar (;"

Pilulá









‎" Presta atenção: sentir falta do que não se possui, é tempo perdido, burrice meu amigo... Saia da zona de conforto... com esforço, tudo se pode possuir (;"

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Confusão.









‎" Há um sentimento que transborda, que não se explica... que devora. Algo que incômoda...não se sabe bem o motivo...mas não se consegue mandar embora. Sempre quer ter por perto, não se importa se vai dar certo... que seja de qualquer jeito... mas que se for do fundo do peito, a parte que lhe seja verdadeiro, é a que interessa. Tem pressa. Impressa em dúvidas...de um bem-querer, bem-me-queira...Sufoca. E se espera...que tudo se organize, e que chegada a hora: Seja Real. Que tenha gosto, tenha tempo, se mantenha...palpitando na veia...a pureza do seu infinito. Infinito no seu durar. Infinito na Mortalidade de nossa existência."

domingo, 15 de abril de 2012

Pense




" Pense bem meu amigo... Você vai ouvir dizer muitas coisas... e poucos feitos...Muitos feitos...e poucos agrados...Pense bem meu amigo...e que muitos sejam teus feitos...e que deles se falem coisas... e lembre-se: Haverá quem se incomode e Haverá quem admire. Pense bem meu amigo...e não deixe de TENTAR."

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Desorganizando.

Me anda batendo um cansaço em Ser a " Alternativa Certa", mas Nunca a " Escolhida".
Me anda batendo um cansaço em   Acreditar...e Esperar Mais que isso ...
Me anda batendo um cansaço...de estar Disponível...
Um cansaço do agora...!
Prazer, Prazer, Prazer! Você acabou de Descobrir a Melhor Alternativa! Só que Não assumiu sua escolha.

...Esperando Mais.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Veraneio.



"É que o verão dura dois meses. E os seus ventos fortes...sopraram, sopraram, sopraram...e Levam algumas coisas para longe...mas, tudo que foi...deixou um pouco se si, levou um pouco ' dalí '...Durou. Enquanto houve verão."

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Ficou.





 E quando vi... já era o fim. Sem tristeza ou lamento, o vivido jamais será esquecido. Jamais será igual, terá igual...por que tudo guarda em si a exclusividade do momento.... o Sentir. Que é diferente a cada instante. Poderá sentir perto, sentir longe, sentir forte...Sentir saudade. E aí, a descoberta: Foi bom, foi válido, até onde durou. Agora: Recordas.

Lembranças do que ficou.


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Quarta-feira de Cinzas



" E o Carnaval ti trouxe muitas alegrias...Mas Maré alta, meu bem, Não dura muito tempo....A maré vai baixar...e aí nós iremos nos dar conta de que nem tudo estará no mesmo lugar... a Maré alta pode ter trago algumas coisas, porém outras tantas ela levará...na baixa da maré, poderemos achar apenas sobra... e o que sobra, nem sempre é suficiente..."


# Que com as sobras possamos reinventar

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Madrugada.

‎" ...e fico assim, a esperar... estranha espera...de não saber o que ou pelo que espero... Simplesmente e tão somente Só: espero. Carregando a esperança, de que quando findar, a hora chegar...me traga risos... e que o fim da espera não seja o esquecimento... Continuo a regar sentimentos..."

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Sentimento Craquelado


"..E se antes, eu não tinha Nada. Agora Nada tenho. 
E tudo se traduz em confusão.
Simplesmente, as coisas se vão...saem do seu domínio..."

"... aí você descobre, que é um bem- querer, um me queira bem e dá um medo..."