quinta-feira, 31 de março de 2011

Sou muito mais abstrata, do que permite perceber essa realidade vigente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário