quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Eternizando.




É NOSSA CAPACIDADE DE SENTIR, QUE EM NOSSA EXISTÊNCIA  ETERNIZA TODAS AS COISAS, PESSOAS, FATOS...

ETERNIZA O VIVIDO...
ETERNIZA O DESEJO DO NÃO VIVIDO...
ETERNIZA O BOM, O RUIM.

E É NA LEMBRANÇA DAS COISAS QUE ENCONTRAMOS SUA DURABILIDADE...AH! E COMO TUDO COSTUMA DURAR!

NOSSAS NEMÓRIAS DE AINDA CRIANÇA;
NOSSAS HISTÓRIAS, QUE TEMOS PARA CONTAR;
NOSSOS PLANOS DE UM FUTURO FELIZ;
...SAUDADES EM RECONHECER QUE TUDO AQUILO ERA TÃO BOM...
...SAUDADES DE PENSAR DO COMO TUDO PODE SER BOM...


SENTIMOS TANTO.
SENTIMOS TUDO.
SENTIMOS SEMPRE.
ONDE POR HORA, PASSO A PENSAR QUE TUDO É ETERNO...

ATÉ QUE A MORTE ME SEPARE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário