quarta-feira, 12 de outubro de 2011

" Olhando para ela, disse não saber o porque...e que lhe era muito estranho sentir falta, sem antes possuir..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário