terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Assim


" Desculpe-me pelo meu jeito. Tão exigente, subjetivo, tranquilo, envergonhado, caseiro...jeito de falar e nada dizer... de chegar...de sair...de desistir...de não saber fazer...de esperar...de não fazer...Desculpe, ser diferente de você...Desculpe-me por ser tão EU...e de outro jeito nada Ser...."

Nenhum comentário:

Postar um comentário